Espermicida

ESPERMICIDA

O adicional.

NÃO ATUA SOZINHO

Os espermicidas não são muito eficazes quando usados sozinhos; é melhor combiná-los com um método de barreira, como um preservativo ou diafragma. Existem muitos tipos diferentes disponíveis, desde espumas até cremes e pastas, mas todos funcionam basicamente da mesma maneira. Os compostos químicos contidos nos espermicidas dificultam o deslocamento do espermatozoide na vagina.


Como os espermicidas agem melhor quando usados com outro método anticoncepcional, as orientações sobre como usá-los dependerão do método de barreira aplicado. O importante é prestar muita atenção ao prazo de validade do espermicida e deixá-lo na vagina por pelo menos seis horas depois da relação sexual. Algumas mulheres sofrem reações alérgicas ou irritação causada pelos agentes químicos do espermicida; portanto, se você tiver alguma dúvida ou preocupação sobre o espermicida, consulte seu médico.

Espermicida

COMO AVALIAR

Hormônios

Não, o espermicida não contém hormônios, mas contém substâncias químicas.

Facilidade de uso

O espermicida precisa ser aplicado antes de cada relação sexual todas as vezes em que praticá-las.

Sua menstruação

O espermicida não tem nenhum efeito sobre a menstruação.

COMPARE MÉTODOS

O QUE VOCÊ PRECISA SABER

5 a 90 minutos

Tempo antes da relação sexual que o espermicida deve ser colocado na vagina.

1906

Ano em que a primeira geleia espermicida foi inventada por Friedrich Merz.

Sempre
+1

Os espermicidas funcionam melhor quando usados juntamente com diafragma, capuz cervical ou preservativo.

  • Não tem hormônios e pode ser uma opção para mulheres que sentem os efeitos indesejados dos mesmos.
  • É autoadministrado e usado de acordo com a necessidade.
  • Pode ser usado com métodos de barreira, como o preservativo feminino ou o diafragma, para aumentar a eficácia.
  • Não é um método eficaz de contracepção se usado sozinho.
  • Algumas mulheres apresentam irritação, reações alérgicas e infecções do trato urinário.
  • Pode não ser eficaz se utilizado ao mesmo tempo que o medicamento para infecção vaginal por fungos.
  • Não protege contra HIV/AIDS e outras infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

PRECISA DE ORIENTAÇÃO? CONVERSE COM O SEU MÉDICO

Marque uma consulta com o seu médico para melhor atender às suas necessidades.

VOCÊ CONCORDA?

CONSIDERE ISSO

O seu diafragma precisa cobrir seu colo do útero completamente para funcionar. Se você sentir que seu diafragma não está encaixado direito, consulte seu médico. Ele poderá aconselhar você sobre o encaixe correto. Enquanto isso, considere um método contraceptivo alternativo, como um preservativo.

SAIBA MAIS

CONHEÇA SUAS OPÇÕES

COMPARE MÉTODOS